Está aqui

Fidelização nos contratos eléctricos

call lojaluz

Dá a tua opinião: 
Seja o primeiro a avaliar
Fidelização contratos eléctricos

Se o cliente desejar estabelecer uma nova ligação à rede eléctrica deve estar consciente que pode-se ver perante uma situação de fidelização de contrato com uma companhia.

Apesar de esta prática ser cada vez menos frequente, a fidelização nos contratos eléctricos é um tema ao qual deve dedicar a sua atenção de modo a não se ver numa situação complicada sem opção de retorno.

Várias empresas têm nos seus contratos cláusulas de fidelização do cliente. Estes termos obrigam a que o cliente seja obrigado a permanecer vinculado a uma mesma comercializadora durante um longo período de tempo, sendo-lhe assim impossibilitada a opção de alterar de empresas fornecedora no caso de encontrar uma melhor oferta no mercado eléctrico.

Como evitar a fidelização?

A melhor maneira de prevenir este cenário é informando-se correctamente sobre as ofertas presentes no sector energético prestando sempre especial atenção a todos os detalhes e, se tiver alguma dúvida, é recomendado entrar em contacto com a empresa em causa de modo a que possa ficar esclarecido sobre os termos dos tarifários. É sempre uma melhor opção dedicar algum tempo nesta fase do que ver-se encurralado num contrato do qual não pode sair durante um período de tempo. Compare as tarifas e as suas condições para encontrar a melhor opção.

Pode a fidelização ser uma melhor solução?

Existe a possibilidade da empresa comercializadora oferecer um contrato com fidelização e tarifas mais baixas do que em relação a um sem fidelização, neste caso o cliente deve reflectir sobre qual é a melhor opção para ele e decidir se de facto a opção em causa se verifica mais proveitosa. Por norma não é recomendada a adesão a um contrato com fidelização, pois deste modo sempre que surgir uma oportunidade que permita uma maior poupança o cliente tem a flexibilidade de mudar de serviço.

Qual tarifa contratar?

Uma das mais vantajosas, atualmente, é a chamada tarifa dual, onde encontramos em uma mesma fatura os valores do gás natural e da eletricidade. A Lojaluz preparou um gráfico comparativo entre as empresas que fornecem o serviço dual. Confira:

 

Muitas vezes a variedade tarifária têm nas cláusulas do contrato algum compromisso de permanência que o cliente não viu mas assinou. É importante que este assunto fique bem claro na hora de contratar a tarifa.

Mas uma tarifa no mercado livre não deve ter permanência por descrição deste mercado: o cliente pode comparar as tarifas e uma vez que encontre aquela que seja a mais favorável, pode mudar de comercializador e assim poupar com a conta da luz.

Quanto custa a luz?

O preço da energia é uma parte da fatura da luz, mas o termo da potência eléctrica tem também outro preço. Cada tarifa propõe um preço com descontos para cada um destes descritos, mas sempre baseados na regulação da ERSE, que propõe uns preços base, usados pelas companhias para aplicar os seus descontos e novos preços para os clientes finais.

Mudança de Fornecedor de Electricidade

Não existe nenhum custo associado à mudança de fornecedor do seu serviço de electricidade. Sempre que encontrar uma oferta mais benéfica para si, pode proceder em qualquer altura à mudança da empresa comercializadora, esta é uma das razões pela qual não é recomendada a adesão a um contrato com fidelização.