Está aqui

Mudar a potência elétrica contratada

banner alterar potencia

call lojaluz

Mudar potência elétrica contratada

Pode mudar a potência elétrica contratada quando mudar de companhia sem que mude a qualidade do fornecimento prestado. A responsabilidade é da distribuidora, independentemente de qual seja a comercializadora que escolher.

Quero alterar a potência contratada

A potência contratada limita o seu consumo de energia

A potência contratada limita o seu consumo de energia sendo o seu fornecimento cortado quando exceder o limite. O normal é que o cliente tenha contratada uma potência que lhe permita usufruir do fornecimento sem cortes nem problemas. Pode alterar a potência contratada sempre que quiser, pois o principal é ter o fornecimento bem adaptado às necessidades do cliente.

Que potência devo contratar?

Consulte todas as tarifas disponíveis das companhias comercializadoras de eletricidade do mercado livreAjudamos a encontrar a que melhor se adapte às suas necessidades. Contacte-nos!
Chamada Gratuita Leve-me ao comparador

Para saber que potência deve contratar pode solicitar o serviço técnico de um eletricista profissional. O consumidor deve ter uma ficha técnica ou certificado onde possa verificar a potência que pode contratar que, dependendo da instalação, variará. A potência contratada vem descrita numa fatura.

Veja as principais potências e tensões elétricas do mercado:

Baixa Tensão: Potências contratadas iguais ou inferiores a 45 kVA e potência mínima contratada de 1,15 kVA. Este tipo é aconselhável para clientes residenciais, lojas, escritórios e pequenas empresas. BTN (Baixa Tensão Normal para potências <41.4 kVA) e BTE (Baixa Tensão Especial para potências entre 41.4 kVA e 45 kVA).

Média Tensão: tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 1kV e igual ou inferior a 45kV. Estas potências são específicas para indústrias.

Alta Tensão: Tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 45KW e igual ou inferior a 110KW e a potência contratada é igual ou superior a 6MW. O uso desta potência destina-se às indústrias siderúrgicas, grandes hospitais, indústrias de celulose, indústrias de plásticos, indústrias de adubos, serviços energéticos, etc.

Quando posso mudar a potência do fornecimento de luz?

A potência poderá ser alterada tantas vezes quantas precise para conseguir poupar o mais possível.

Uma vez celebrado o contrato de eletricidade com uma potência ligada, esta poderá ser alterada tantas vezes quantas precise para conseguir poupar o mais possível. O objetivo será sempre adaptá-la ao uso que necessite.

O mercado energético português está liberalizado desde 2006. Assim, pode, não só mudar de potência tantas vezes quantas quiser, mas também pode mudar de comercializadora elétrica. Compare as diferentes tarifas elétricas das diferentes companhias e poupe não só com a mudança da potência contratada, mas também com a mudança de comercializadora de electricidade se encontrar alguma que melhor se ajuste às suas necessidades energéticas.

Saiba também que, por exemplo, numa casa de férias onde vai utilizar energia em determinados momentos do ano pode rescindir o contrato durante o período que não a vai utilizar e não deseja tê-la contratada.

Quando perceber que o uso do seu fornecimento não esta bem adaptado à potência contratada, pode solicitar uma potência mais baixa ou mais alta, consoante as suas necessidades. Assim adaptará o seu fornecimento ao seu uso efetivo. Adapte não só a potência, mas também a tarifa ao uso real que pretende fazer de eletricidade. Compare assim as tarifas elétricas das diferentes comercializadoras quando pensar em mudar a potência contratada.

A potência contratada corresponde à parte fixa da fatura da luz. Mudar a potência não significa que o preço final a pagar vá mudar significativamente. Consulte os tarifários disponíveis da sua comercializadora ou de outras que operem no mercado livre.

Decidi que quero alterar a potência. Como o solicito?

Solicite a alteração mediante um telefonema à empresa comercializadora contratada. A mudança é rápida e gratuita. Se verificar que através de outro tarifário ou outra companhia consegue uma maior poupança, pode e deve mudar.

Quando decidir mudar a potência contratada, a comercializadora irá verificar se a instalação elétrica pode fornecer o novo valor que o cliente pede. O cliente deverá ter o certificado da instalação corretamente validado. A própria comercializadora dir-lhe-á se pode ou não contratar a nova potência, tendo em conta a sua instalação.

Esta alteração nunca terá qualquer custo associado para o consumidor. No espaço de uns dias depois de pedir a alteração do contrato elétrico, irá a sua casa um técnico da distribuidora para fazer essa mudança.

O cliente poderá ajustar a potência contratada ao consumo que fará, durante o ano.

Qual é a potência mais adequada para o meu consumo?

Utilize o nosso simulador onde pode fazer uma estimativa da potência elétrica que deve contratar.

Potências mais comuns para domésticos em Portugal:

Potência e consumo médios dos principais aparelhos elétricos utilizados em uma residência portuguesa
Aparelho Potência média (Watt) Consumo médio mensal (kWh)

Iluminação

500

12

Ferro de engomar

1000

15

Secador

500

5

Televisão

200

30

Arca congeladora

200

30

Frigorífico

200

40

Lava-roupa

2500

50

Lava-louça

3000

60

Fogão elétrico

0

0

Forno

2000

20

Fritadeira

1500

10

Computador

250

15

Microondas

1000

2

Termo acumulador

12-14(W/litro)

200

Aquecimento

70-90(w/m2)

15-20(kWh/m2)

Ar condicionado

15-20(W/m2)

3-4(kWh/m2)

Documentos necessários para mudar a potência

  1. Nº contribuinte do titular - NIF (Cartão Único)
  2. Contrato de arrendamento ou escritura
  3. Potência a contratar (pode-se alterar)
  4. Código CPE
  5. Dados da morada da instalação.
  6. Dados de Pagamento.