Está aqui

Preço do kWh do gás

call lojaluz
Preço kWh gás natural

Desde a liberalização do fornecimento de gás, em Portugal, que cada cliente pode contratar a companhia com a tarifa que melhor se adapta às suas necessidades. O mercado livre não obriga a fidelizações nos termos do seu contrato do gás, portanto, sempre que quiser mudar algum parâmetro é totalmente livre do o fazer.

Caso tenha alguma dúvida, não hesite em contcatar a LojaLuz, especialista do mercado livre de gás e eletricidade, em Portugal.


Mercado livre do gás

Esta liberalização significou, sem dúvida alguma, uma revolução no mercado, tanto do gás como da luz. O preço do kWh mudou ao longo do tempo. Estas mudanças expressaram-se, sobretudo, em três questões:

  1. Qualquer pessoa pode contratar a companhia de gás que melhor se adapta às suas necessidades de consumo de gás e luz;
  2. As empresas são cada vez mais competitivas, sendo a oferta cada vez maior e mais aliciante, sempre a pensar nas necessidades dos consumidores;
  3. O mercado tornou-se dinâmico e mais igualitário.

Neste processo de decisão de passagem para o mercado livre do gás, surgem sempre dúvidas de qual a melhor opção contratual para o seu consumo. Desta forma pode contactar directamente com a companhia que lhe parece mais conveniente ou com a LojaLuz, temos toda a informação necessária para o ajudar!

A Comercialização do Gás

A comercialização do gás natural, em Portugal é realizada de uma das seguintes formas:

  1. Através da celebração de um contrato de gás natural com empresas do mercado liberalizado;
  2. Através da celebraçao de um contrato de fornecimento com comercializadoras de último recurso;
  3. Através da celebração de um contrato nos mercados organizados ou do tipo bilateral para agentes com estatuto de mercado.

A REN Gasodutos (operadora da rede nacional de transporte) é quem se encontra encarregue, em Portugal, de proceder à alteração da comercializadora de gás, no entanto, os prazos de aprovação da referida mudança são função da ERSE.

Como escolher uma comercializadora de gás natural

Quando falamos de mercado liberalizado do gás, falamos de um mercado que pensa de forma igualitária para consumidores e companhias. As companhias ajustam as suas ofertas às necessidades dos seus potenciais consumidores para que estes percebam a necessidade de mudança, resultando esta em poupança na sua conta do gás.

  • Assim, quando chegar a hora de escolher uma comercializadora de gás, deverá ter em consideração:
  • Tarifas de gás e preços do kWh praticados;
  • Descontos;
  • Condições especiais.

Mudar para o mercado livre de gás natural

O processo de mudança para o mercado liberalizado é fácil e rápido, no entanto, é necessário ter em atenção alguns passos que devem ser seguidos para que esta tomada de decisão seja feita em consciente e para que o cliente beneficie ao máximo com a sua escolha:

A mais comum, em Portugal, é a de baixa pressão, utilizada por domésticos.

Neste ponto podemos te em consideração vários factores, como o preço, periodicidade de facturação,duração do contrato e qualidade do serviço, entre outros..);

  1. Deve ser feita uma análise da sua situação actual para perceber se se coloca a hipótese de mudança;
  2. Se esta é uma hipótese, então deve-se analisar o mercado, sabendo quais são as empresas que operam no mesmo. No caso do gás, o mercado é constituído pela Galp, Edp e Goldenergy;
  3. Quando já conhecemos a nossa situação actual e conhecemos outras opções, ou seja, as ofertas destas três companhias, devemos perceber que tipo de pressão procuramos. Cada uma destas companhias oferece, 3 tipos de potência:baixa pressão, média pressão e alta pressão;
  4. Quando escolhida uma pressão, em função das necessidades que o cliente tem, deve proceder-se à comparação das ofertas das diferentes companhias e perceber qual delas nos oferece o maior número de vantagens;
  5. Após este 4 passos estarem dados, temos um quinto, que se designa pela escolha da companhia com quem o cliente vai contratar e que será o responsável por todos os procedimentos para conclusão desta mudança de comercializadora.

O Consumo de gás, em portugal

O gás natural que chega até nós é proveniente do norte de África e são várias as companhias que realizam essa distribuição pelo país, sendo esta feito por zonas.

Desde a liberalização do mercado, que a postura dos consumidores face ao consumo de gás natural tem vindo a mudar. Cada vez mais se tenta incutir a ideia do consumo de gás a través das vantagens que lhe estão associadas, como ser mais económico, fácil que gerar maiores quantidades de energia, fácil de controlar. Nos últimos anos, com o aumento da oferta da Galp, da Goldenergy e da EDP o mercado tornou-se mais competitivo e os clientes, num esforço para procurarem soluções para poupar, começaram a utilizar o gás natural.

Assim, pode afirmar-se, que este é um mercado que passo a passo vai crescendo, tendo tido nos últimos anos, a sua maior afirmação.

As companhias de gás natural

É importante, ter em atenção que no caso do mercado da luz, existe muita oferta de serviços, por parte das diferentes companhias, enquanto que no caso do gás, não se verifica a mesma situação. Existem, apenas, 3 empresas:

  • Galp
  • EDP
  • Goldenergy

O que é o kwh

As tarifas de gás natural encontram-se expressas em Kwh. Assim quando no seu contador aparecer em m3, saiba que deve ser feita a conversão para kWh do gás para ficar a saber qual o consumo realizado, num determinado período.

O kWh é una unidade de medida relacional entre energia e hora(...) ligada à qualidade do gás.

O kWh do gás é una unidade de medida relacional entre energia e hora, ou seja um Watt-hora é a quantidade de energia que vai ser precisa para alimentar determinado aparelho durante um determinado período de tempo de funcionamento e significa Quilowatt-hora.

Esta unidade de medida, encontra-se ligada à qualidade do gás e, desta forma, também à distribuidora, sendo esta quem tem a responsabilidade de realizar a conversão. Cada empresa distribuidora de gás, tem o seu factor de conversão que se traduz na qualidade do gás, não sendo esta, em nenhum caso, responsabilidade da comercializadora ou do cliente.

Nunca se esqueça que se quer saber quanto vai pagar pelo consumo de gás, deve certificar-se de que os valores estão em kWh ou que é feita a conversão de m3 para kWh:

Fator de Conversão = PCS (Poder Calorífico Superior do Gás Natural) x Fct (Fator de Correção da Temperatura.) x Fcp (Fator de Correção da Pressão)

O Preço do kwh do gás

As tarifas do gás, são entre elas semelhantes, devido ao facto de existirem, apenas, três companhias a operar no mercado português. O preço deste serviço vai depender da companhia com quem contrate e vai depender das zonas, pois o valor do gás é contabilizado por zonas.

Segundo as três companhias, que já conhecemos, as tarifas aplicadas Em kWh por cada uma delas ao gás natural são compostas por dois termos, cada um deles com um preço:

Termo Fixo - mediante o escalão de consumo declarado, paga-se um valor fixo;

Termo da energia - para cada KWh consumido é aplicado um valor, que se encontra na regulação da ERSE.

Sendo que, cada um destes termos encontra-se, subdividio em escalões que vai de 1 a 4.

Empresa fornecedora Tarifa
Galp
  • PLANO BASE
  • Validade da proposta: 31 de maio de 2015
  • Duração do contrato: 12 meses
  • Os descontos Galp On serão revistos à luz da legislação e regulamentação em vigor
  • No caso dos planos da Galp, abaixo indicados, apenas se aplicam ao primeiro e segundo escalão
  • Plano online
  • Validade da proposta: 31 de maio de 2015
  • Duração do contrato: 12 meses
  • Esta campanha só é válida para subscrições e faturação eletrónica e com o pagamento através de débito direto em conta.
  • Os descontos Galp On serão revistos à luz da legislação e regulamentação em vigor.
  • Plano Base para o 3.º e 4.º Escalões
  • Validade da proposta: 31 de maio de 2015
  • Duração do contrato: 12 meses
  • Campanha válida apenas para o 3.º e 4.º escalões
Goldenergy
  • GoldEnergy Low Cost
  • Validade da proposta: 31 de maio de 2015;
  • Duração do contrato: Não definida;
  • aplica-se aos quatros escalões.
  • GoldEnergy Consumos Elevados
  • Validade da proposta: 31 de maio de 2015
  • Duração do contrato: Não definida
  • aplica-se ao 3.º e 4.º escalões.
EDP
  • Casa Total
  • Validade da proposta: Válida até nova campanha
  • Duração do contrato:12 meses
  • Aplicável a clientes que optem pelo débito direto como meio de pagamento.
  • aplicável a todos os escalões.
  • Pagamento a débito directo, multibanco, CTT ou pay shop;
  • Factura electrónica ou em papel.
  • aplica-se ao 3.º e 4.º escalões.
  • Casa Total (sem débito directo)
  • Validade da proposta: Válida até nova campanha
  • Duração do contrato:12 meses
  • aplicável a todos os escalões..
  • Até 5% de poupança no Gas;
  • Casa Total Click (sem débito directo)
  • Validade da proposta: Válida até nova campanha
  • Disponível através de contratação eletrónica
  • Aplicável a clientes que optem pelo débito direto como meio de pagamento.
  • Obrigatoriedade de faturação eletrónica.
  • aplicável a todos os escalões..
  • Até 5% de poupança no Gas;

Como Poupar no Gás, sem sair de casa

  1. Ligar o fogão, apenas, quando a panela estiver pronta para aquecer;
  2. Quando as panelas estiverem a ferver, baixa a intensidade do lume;
  3. Cozinhar com as tampas das panelas para o calor não se evaporar e, assim, demorar mais a aquecer;
  4. Escolher o bico mais adequado à panela;
  5. Escolher o bico mais pequeno;
  6. Desligar o lume uns minutos antes de terminar a cozedura, deixando o calor encarregue de terminar a mesma;
  7. Desligar a caldeira/esquentador se não vai utilizar durante algum tempo;
  8. Em períodos mais quentes, deve-se diminuir a temperatura da água;
  9. Evitar banhos demorados;
  10. Deixar os aquecimentos ligados com baixa temperatura.
Partilhar no Facebook  Partilhar no Twitter  Partilhar no Google Plus