Está aqui

Ligar a luz à rede elétrica

call lojaluz

Ligar a luz à rede elétrica

A nova ligação à rede de uma instalação eléctrica deve ser um processo bem pensado e que pode ser executado de forma rápida e fácil.

Para ligar a luz, o cliente deve comparar todas as tarifas existentes no mercado livre e celebrar o novo contrato com a companhia detentora dessa tarifa. Quando um cliente entra numa nova casa, pretende ligar a electricidade, o gás natural e contratar a internet.

Se ainda não aderiu ao mercado livre, a Lojaluz conta com uma equipa de profissionais especializados, dispostos à ajudar seja qual for sua dúvida em relação ao gás natural ou eletricidade. Não hesite em contactar-nos e comece a poupar o mais rápido possível.

Também deixamos à vossa disposição o primeiro comparador de tarifas elétricas do mercado liberalizado português.

A ligação de Baixa Tensão

A Baixa Tensão é referente à potência a contratar no ponto do fornecimento. Esta modalidade é aconselhável para clientes residenciais, lojas, escritórios e pequenas empresas. Este tipo destina-se a potências contratadas iguais ou inferiores a 41,4 kVA e uma potência mínima contratada de 1,15 kVA. Dentro de cada potência, o preço dela e a tarifa a contratar mudarão segundo o nível de tensão contratado.

Veja as principais potências e tensões elétricas do mercado antes de realizar a ligação da luz à rede elétrica:

Baixa Tensão: Potências contratadas iguais ou inferiores a 45 kVA e potência mínima contratada de 1,15 kVA. Este tipo é aconselhável para clientes residenciais, lojas, escritórios e pequenas empresas. BTN (Baixa Tensão Normal para potências <41.4 kVA) e BTE (Baixa Tensão Especial para potências entre 41.4 kVA e 45 kVA).

Média Tensão: tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 1kV e igual ou inferior a 45kV. Estas potências são específicas para indústrias.

Alta Tensão: Tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 45KW e igual ou inferior a 110KW e a potência contratada é igual ou superior a 6MW. O uso desta potência destina-se à indústria siderúrgica, grandes hospitais, indústria da celulose, indústria de plásticos, indústria de adubos, serviços energéticos, etc.

Como pagar menos por sua fatura de luz? Ao analisar a vossa situação, nossos especialistas poderão fazê-lo poupar até 200€ ao ano!
Chamada Gratuita Leve-me ao comparador

A ligação à rede de EDP Distribuição

historia EDP

Em Portugal, a distribuição eléctrica está ao abrigo da EDP Distribuição, então qualquer ligação a esta rede será feita segundo as requisições desta companhia. Isto não tem nada a ver com a comercializadora: EDP Distribuição é a responsável por levar o fornecimento da luz a qualquer ponto do país, sendo assim a proprietária das instalações elétricas. O cliente pode escolher a comercializadora a contratar, sendo sempre a qualidade e o fornecimento igual e da responsabilidade da EDP Distribuição.

Quando posso fazer a nova ligação?

Em primeiro lugar, o cliente deve conhecer se onde quer ter o fornecimento eléctrico existe ou não a possibilidade de tê-lo. Isto é, saber se a instalação eléctrica está feita ou se precisa de alguma reparação ou reforço no ramal. A possibilidade de ter o fornecimento de luz depende da instalação eléctrica.

Após esta verificação, o cliente deverá solicitar a ficha técnica da instalação à EDP Distribuição, em caso de não a ter.

A ficha técnica ou certificado da instalação da luz?

Esta ficha técnica ou o certificado é a demonstração de que a instalação está prestes a ser utilizada para o fornecimento da luz. A CERTIEL é a entidade responsável por fazer esta ficha, ao abrigo da EDP Distribuição (proprietária da instalação). Uma vez que tenha a ficha técnica, já poderá solicitar a nova ligação.

Que dados tenho que apresentar?

O cliente poderá celebrar a contratação do fornecimento uma vez que esteja a construção concluída. Para tal fim, deverá conhecer a informação sobre a comercialização da luz aprovada pela ERSE.

Para realizar a contratação da luz, o cliente deve apresentar a seguinte documentação:

  • Nº contribuinte do titular (Cartão de Cidadão)
  • Contrato de arrendamento ou escritura
  • Potência a contratar (pode-se alterar)
  • Código CPE
  • Dados da morada da instalação.
  • Dados de Pagamento.

Que tarifa e com que companhia contratar o fornecimento?

Neste momento é quando o cliente deve saber bem qual é a tarifa que vai contratar para este fornecimento de eletricidade. O sistema do tarifário da luz português está ao abrigo do mercado livre da luz, oferecendo a oportunidade de poder escolher aquela tarifa que seja a mais adequada para o consumidor segundo as características dele.

Desta maneira, é evidente a poupança que o cliente terá no seu fornecimento. Para poupar ao contratar a luz, no nosso site pode encontrar a informação necessária para este fim. Aliás, pode verificar a tarifa disponível apresentado pelas diferentes empresas comercializadoras de luz em Portugal, que são:

  1. Iberdrola
  2. EDP Comercial
  3. Galp Energia
  4. ENAT
  5. Goldenergy
  6. YLCE
  7. AUDAX
  8. LUZBOA
  9. Energia Simples
  10. Endesa

Para tomar a decisão, pode verificar a comparação de tarifas eléctricas disponível no mercado.

Quero fazer a nova ligação

Quem fizer a nova ligação será o titular do contrato da luz, que terá de apresentar o seu número de contribuinte, BI ou Cartão de Cidadão. Sem custos nem impedimentos, pode solicitar a qualquer momento a alteração da titularidade, sendo o novo titular quem procede a essa mesma mudança.

Qual é o prazo e o custo para a nova ligação?

despesa eletricidade

Após cinco dias úteis, o responsável da comercializadora irá ao ponto ligar a luz, concluindo a ligação à rede de distribuição eléctrica.

O custo de ligar a luz é 0. Esta gestão é gratuita, seja qual for a potência contratada. O cliente deve saber que se for preciso um reforço no ramal da instalação ou qualquer coisa relacionada com a distribuidora, ela apresentará um orçamento. Mas se estiver tudo correto, então poderá ter luz sem problema nem custos.

O preço e o prazo da nova ligação fazem com que este procedimento seja fácil e económico.

Poupar com a nova ligação

O mercado energético está liberalizado. Perante isto, o cliente pode decidir que companhia comercializadora quer contratar e, assim comparar tarifas para poupar na eletricidade. Pode sempre melhorar a sua situação e terá também a mesma qualidade referente ao seu fornecimento.

Pode obter uma maior poupança se juntar o fornecimento de gás natural e de luz numa só factura. Os descontos são mais altos se fizer a factura conjunta dos fornecimentos.

As facturas de gás e as facturas da luz são muito parecidas, mas o seu entendimento pode ser melhor se for uma factura conjunta.

Aderir ao Mercado Livre

O cliente do mercado regulado tem um prazo até 2017 para aderir ao mercado livre da eletricidade. Saiba que são numerosas as vantagens que pode conseguir, ao contratar qualquer tarifa oferecida pelas companhias que operam no mercado livre, pois a concorrência está em crescimento e os clientes têm mais vantagens, podendo decidir a contratação que preferirem.

Contratar uma tarifa do mercado livre é 100% grátis e a poupança é evidente, sendo que as tarifas reguladas pela ERSE são mais económicas que as tarifas transitórias. Veja a diferença entre a tarifa transitória da EDP Serviço Universal e as tarifas da EDP Comercial (operadora do mercado livre).

Partilhar no Facebook  Partilhar no Twitter  Partilhar no Google Plus