Está aqui

Potência contratada: entenda esse termo

lojas cidadao eletricidade gas

Antes de contratar um fornecedor de energia é importante e necessário escolher a potência que quer contratar. Ao determinar a mesma conseguirá fazer uma melhor comparação entre tarifas correspondentes a cada potência das diferentes companhias do mercado livre.

Se não souber qual é a sua potência, poderá solicitar a ajuda da LojaLuz, especialista do mercado livre da luz, que lhe dará toda a informação que necessita para fazer a melhor escolha face às suas verdadeiras necessidades.

O que é a potência contratada?

A potência contratada corresponde ao nível de tensão de uma instalação eléctrica, que limita o consumo instantâneo de energia. Ao atingir esse limite, o fornecimento é interrompido. Normalmente, o cliente tem contratada a potência que lhe permite utilizar o fornecimento sem cortes. Contudo deve ter em atenção que a qualidade do seu fornecimento está limitado, não pela companhia fornecedora, mas pela distribuição eléctrica do país, que é da responsabilidade da EDP Distribuição.

Potências comumente usadas no segmento doméstico

1.15kVA

Dizer que um espaço tem a potência de 1,15kVA quer dizer que a potência total utilizada ali somando tudo o que for elétrico (aparelhos e iluminação), não poderá ultrapassar este valor. 1kVA equivale a 1kWh, que corresponde a 1000W. 

Esta potência, a menor existente em Portugal, costuma ser utilizada para espaços realmente pequenos, como garagens, e com pouco consumo de eletricidade. Em um ambiente com esta potência, poderia, por exemplo, ser suportado o uso simultâneo de iluminação, um rádio ou uma televisão. 

2.3kVA

A potência de 2.3kVA é ideal para quartos e poderia suportar o uso simultâneo do sistema de iluminação, televisão, computador, rádio e um secador de cabelo, por exemplo.

3.45kVA

Um apartamento pequeno, como um T1 ou T2, em que vive uma pessoa, poderá utilizar a potência de 3,45kVA. Com esta potência, normalmente, podem ser usados em simultâneo, um frigorífico, uma máquina de lavar, um computador e uma televisão. 

4.6kVA

Se no T1 ou T2 vivem mais pessoas, é provável que o cliente já precise contratar este outro valor de potência. Com 4,6kVA, além dos eletrodomésticos citados acima, o cliente poderá fazer uso de um microondas e de uma outra televisão. 

5.75kVA

Em um T2 ou T3 em que vive uma única pessoa, provavelmente, esta potência ou a seguinte seriam as ideais, dependendo, como sempre, do número de eletrodomésticos. Diferentemente da potência anterior, aqui também poderíamos somar outro computador mais à quantidade de aparelhos eletrônicos, além de um forno elétrico. 

6.9kVA

Esta potência também é pensada pra T2 ou T3 em que vivem uma ou duas pessoas no máximo e elas poderão, normalmente, fazer uso simultâneo do secador de cabelo ou um ferro de passar, por exemplo, além de tudo que já foi falado anteriormente. 

10.35kVA

Costuma ser para apartamentos já com mais de 120m². Com esta potência, um termoacumulador seria um aparelho elétrico novo a ser adicionado aos anteriores (um frigorífico, uma máquina de lavar, dois computadores, duas televisões, um microondas, forno elétrico, ferro de passar e um secador de cabelo)

Potências comumente usadas em pequenas empresas

13.8kVA

Apesar de que podem haver residências com a potência de 13,8kVA, e o mais normal seria que fosse usada para uma que contenha uma piscina, por exemplo; este valor de potência costuma ser, principalmente, para uso profisisonal, em que se consome mais equipamentos elétricos que os habituais de uma vivenda. 

17.25kVA

Seria para escritórios ou pequenas empresas e algumas lojas de setor não-alimentário 

20.7kVA

Esta potência poderia ser para empresas medianas, com pequenos espaços refrigerados ou lojas maiores. Também a encontraremos em empresas com até uns 100 funcionários em que os pricipais aparelhos elétricos utilizados sejam computadores. Um pequeno café ou até um pequeno hostal ou hotel poderá contratar esta potência. 

Como pagar menos por sua fatura de luz? Ao analisar a vossa situação, nossos especialistas poderão fazê-lo poupar até 200€ ao ano!
Chamada Gratuita Leve-me ao comparador

Quais os níveis de potência?

Quando decidir contratar uma potência, deverá ter em atenção que esta tem um de três níveis. Poderá contratar:

Baixa Tensão: Potências contratadas iguais ou inferiores a 45 kVA e potência mínima contratada de 1,15 kVA. Este tipo é aconselhável para clientes residenciais, lojas, escritórios e pequenas empresas. BTN (Baixa Tensão Normal para potências <41.4 kVA) e BTE (Baixa Tensão Especial para potências entre 41.4 kVA e 45kVA);

Média Tensão: tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 1kV e igual ou inferior a 45kV. Estas potências são específicas para indústrias;

Alta Tensão: Tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 45 KVA e igual ou inferior a 110KW e a potência contratada é igual ou superior a 6MW. O uso desta potência destina-se à indústria siderúrgica, grandes hospitais, indústria da celulose, indústria de plásticos, indústria de adubos, serviços energéticos, etc.

Quanto custa contratar determinada potência

Ao escolher a sua potência eléctrica deverá contabilizar o número de aparelhos do seu imóvel e o consumo de energia faz cada um.

O custo de uma potência eléctrica depende da utilização que o cliente faça da mesma. É muito importante escolher uma potência que se adapte ao seu consumo. Assim, quando estiver a escolher a sua potência eléctrica deverá contabilizar o número de aparelhos do seu imóvel e que consumo de energia faz cada um. É importante saber que pode alterar esta potência elétrica sempre que quiser. Deverá fazê-lo. sempre, que notar que a potência que tem contratada não suporta o seu tipo de consumo e leva o quadro eléctrico a ir constantemente abaixo.

Qual é a minha potência elétrica

Poderá saber qual é a potência que deve contratar, utilizando o simulador de potência que a LojaLuz disponibiliza no seu site. Esta aplicação serve para verificar qual é o consumo que faz, de forma aproximada, no seu imóvel. Permite-lhe, ainda, calcular mensal ou anualmente a potência que deve contratar.

Na seguinte tabela constam os aparelhos mais utilizados e comuns das casas portuguesas com a média da potência que precisam para conseguir ligar:

Aparelho Potência média (Watt) Consumo médio mensal (kWh)

Iluminação

500

12

Ferro de engomar

1000

15

Secador

500

5

Televisão

200

30

Arca congeladora

200

30

Frigorífico

200

40

Lava-roupa

2500

50

Lava-louça

3000

60

Fogão elétrico

0

0

Forno

2000

20

Fritadeira

1500

10

Computador

250

15

Microondas

1000

2

Termo acumulador

12-14(W/litro)

200

Aquecimento

70-90(w/m2)

15-20(kWh/m2)

Ar acondicionado

15-20(W/m2)

3-4(kWh/m2)

Abaixo poderá encontrar um gráfico que indica o consumo médio de eletricidade dos aparelhos elétricos e eletrônicos que podemos ter em nossas casas e outros dois que dizem respeito ao tempo médio de uso diário e ao valor dos gastos mensais correspondentes à energia gasta com estes aparelhos.

 
 
 

Alterar a potência contratada

Pode mudar de potência eléctrica sempre que quiser de forma a corresponder às suas necessidades. Para alterar a potência, deve identificar se quer:

Aumentar a potência: se o disjuntor desliga constantemente ou quando liga os aparelhos que precisa, deve contratar mais potência e solicitar um aumento de tensão.

Reduzir a potência: se reparar que está a pagar um termo fixo na factura alto demais e está a pensar poupar, além de poder ligar todos os aparelhos e o disjuntor não saltar pode solicitar uma redução da potência elétrica contratada.

Dados para alterar a potência contratada

O cliente pode mudar a potência contratada sempre que quiser, pois é completamente gratuito e pode ser realizado até 4 vezes a cada 12 meses. Pode e deve decidir qual é a potência deve contratar com a ajuda de um especialista ou calcule a sua potência no nosso simulador. Quando souber qual o valor, não hesite em solicitar a alteração à sua companhia ou aproveite e mude de companhia elétrica e contrate uma nova tarifa elétrica que melhor se adapte às suas necessidades.

O cliente pode mudar a potência contratada sempre que quiser, pois é completamente gratuito e pode ser realizado até 4 vezes a cada 12 meses.

Fornecedores eléctricos

  1. Iberdrola
  2. EDP
  3. Galp Energia
  4. ENAT
  5. Goldenergy
  6. YLCE
  7. AUDAX
  8. LUZBOA
  9. Endesa
  10. Energia Simples

Como mudar de empresa de eletricidade

Assim como a potência contratada, também é possível mudar o fornecedor de luz. Com a abertura do mercado, mudar a titularidade, alterar potências e mudar de fornecedor são ações possíveis, diferentemente do mercado regulado, onde apenas uma empresa era detentora de todo o território nacional.

No caso do cliente encontrar uma tarifa mais conveniente para si, é recomendado mudar de companhia de eletricidade. A mudança é gratuita e geralmente demora entre 5 e 7 dias úteis para ser realizada. Basta contactar com a nova companhia que deseja celebrar o novo contrato de luz.

A Lojaluz é especialista em comparações, deixando o cliente ciente de todas as tarifas do mercado e analisando qual é a mais interessante para o cada situação. Contacte-nos e comece a poupar já!

Partilhar no Facebook  Partilhar no Twitter  Partilhar no Google Plus