Está aqui

O que fazer em caso de problemas elétricos ou de gás natural?

call lojaluz

problemas elétricos ou de gás natural

Caso tenhamos algum problema ou falha no fornecimento de energia ou de gás natural, o que deveríamos fazer ou qual empresa deveríamos chamar para poder solucioná-lo?


SE MUDA? Caso esteja de mudança e sua nova morada ainda não conte com uma instalação de luz ou de gás, não se preocupe, isso é normal e fácil de resolver. Contata com o operador de distribuição tanto de eletricidade quanto de gás (poderá variar dependendo da zona do país) e solicite a ligação. Mais informação sobre como realizar uma nova ligação de energia elétrica ou de gás natural.

Interrupções de Energia

É considerado que existe uma interrupção do fornecimento de energia elétrica, quando a tensão de alimentação no ponto de entrega é inferior a 1% da tensão nominal ou declarada.

Estas interrupções podem ser programadas pela própria companhia distribuidora de energia, no caso de Portugal, a EDP Distribuição, ou podem ocorrer espontaneamente por algum outro problema natural ou técnico no sistema. A EDP, em seu site, deixa à disposição dos portugueses a possibilidade de consultar se existem interrupções programadas para suas respectivas regiões dentro de um certo intervalo de tempo.

As interrupções podem ser devido a:

  • Casos fortuitos ou de força maior, como causas naturais;
  • Razões de interesse público;
  • Razões de serviço;
  • Razões de segurança;
  • Fato imputável ao cliente;
  • Acordo com o cliente.

Emergência: solucionar problemas de rede elétrica

Se a energia elétrica da sua residência foi cortada repentinamente, o primeiro a que deve ter atenção é se os vizinhos também tiveram o fornecimento cortado ou se o problema foi unicamente em seu domicílio.

Caso ninguém mais ao seu redor esteja com problemas no fornecimento da eletricidade, é importante que verifique se algum disjuntor está desligado no seu quadro elétrico, poderá ser o geral ou o de algum circuito específico. Prove voltar a ligar o que estava apagado e, verifique se volte a disparar.

Se houver alguma avaria ou sobrecarga no circuito elétrico, o ideal é que apague todos os disjuntores, mas posteriormente, ligue primeiro o geral e, depois, os outros, um de cada vez. Caso, ao acender um destes, o geral volte a apagar, provavelmente ele será o responsável pelo seu problema técnico. Deixe-o apagado, mas ligue todos os outros e, providencie a reparação do circuito.

O seu disjuntor também poderá disparar por culpa de um aparelho específico que esteja avariado e, neste caso, isso sempre acontecerá ao acender o mesmo. Neste caso simplesmente terá que providenciar sua reparação.

Falta de luz só em minha morada

Caso o problema da falta de luz seja simplesmente em seu imóvel, é importante verificar se o seu contrato com a companhia comercializadora de eletricidade inclui um serviço de assistência técnica e quais seriam as condições. Em caso afirmativo, deverá contatá-los; no entanto, caso o seu contrato não tenha este serviço incluído, poderá contatar a outro técnico eletricista que seja de seu interesse.

Corte geral de eletricidade

Caso a vizinhança também esteja no escuro, será necessário contatar à empresa distribuidora de eletricidade para comunicá-los sobre o problema. Portugal só conta com uma única empresa responsável pela distribuição de energia elétrica em todo o país, a EDP Distribuição e é a ela que o problema de corte geral deverá ser relatado. Seu telefone gratuito e disponível durante as 24h para relatar falhos de eletricidade é: 800 506 506.

Ao contatar a empresa, é importante que a pessoa tenha em mãos uma factura de eletricidade para poder identificar o seu CPE (Código Ponto de Entrega) e o nome do titular do contrato. Esta informação servirá para facilitar sua localização, bem como a confirmação de dados, à companhia. É importante também mencionar o horário em que a interrupção do serviço de luz foi feito.

Precauções

Ao haver um corte de eletricidade, tome cuidado com seus aparelhos elétricos, desconecte-os das tomadas e também apague todas as luzes. Assim estará prevenindo seus aparelhos de quaisquer possíveis danos elétricos.

Emergências de gás

gas natural

Em caso de uma emergência de gás, também é importante saber se o problema é da própria rede do cliente (instalação individual ou coletiva) ou da rede de distribuição de gás. A delimitação entre um e outro é feita através da válvula de seccionamento, ou válvula de corte geral que, normalmente, está instalada junto ao edifício (na via pública, ou no limite de propriedade).

Problemas com a rede de distribuição geral

Caso o problema seja com a rede de distribuição, o consumidor poderá contatar a empresa distribuidora de gás natural de sua região. São 11 no total e o cliente precisa conhecer a companhia distribuidora que se responsabiliza pela localidade em que vive:

Distribuidora Região ou Localidade Telefone
Setgás Setúbal 808 200 347
Lisboagás Lisboa 808 200 343
Lusitaniagás Aveiro 808 200 344
Tagusgás Cartaxo 808 505 152
Beiragás Viseu 808 200 339
EDP Gás Distribuição (antiga Portgás) Porto 808 100 900
Dianagás Évora 808 200 341
Paxgás Beja 808 200 346
Medigás Algarve 808 200 345
Duriensegás Douro 808 200 342
Sonorgás Vila Real 808 203 027

Problemas com a rede do cliente

De acordo com a legislação em vigor, o consumidor é responsável por zelar pela conservação das suas instalações de gás, por isso ele precisa realizar, cada certo tempo, inspeções às instalações de gás, mantendo-as em um bom estado de conservação, além de possuir um certificado que comprove o bom funcionamento da mesma.

Para realizar tais inspeções ou sempre que seja necessário proceder à assistência técnica, reparação ou alteração da instalação de gás, o cliente deverá, preferencialmente, recorrer a uma Entidade Inspetora reconhecida pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), pois elas serão as responsáveis por emitir o certificado de bom funcionamento. São 22 empresas espalhadas por todo o país. A lista completa com o nome, bem como o telefone e endereço de cada uma delas encontra-se na página web da DGEG

Planos de comercializadoras que incluem um serviço de assistência técnica

Como já foi dito anteriormente, algumas fornecedoras de eletricidade possuem um serviço de assistência técnica que poderá contratar junto à sua tarifa de eletricidade. Aqui listamos alguns deles:

Companhia e Plano Preço Inclui Condições
EDP Comercial – Funciona 7,90€/mês (3,95€ nos 3 primeiros meses) - Até 600€ em reparações de avarias (deslocação e mão de obra);
- Reparações de avarias nas instalações de gás e eletricidade ou de eletrodomésticos;
- Serviços Urgentes de assistência técnica 24h por dia, 365 dias por ano;
- Revisão anual às instalações de gás e eletricidade;
- 25 testes e verificações para garantir a segurança das instalações de gás e eletricidade.

- Um contrato com fidelidade de um ano;
-  Período de carência de 30 dias;
- Revisão da instalação apenas no quadro elétrico principal, após o primeiro ano.

 

Galp Energia – Comfort Home

3,90€/mês

- Serviço de assistência 24h/ dia, 365 dias por ano (incluindo além de reparação incidências elétricas, também de eletrodomésticos, pintura, carpintaria,...);
- Em casos de urgência elétrica, deslocação em menos de 3 horas e com oferta das duas primeiras horas de serviço;
- Orçamento e deslocação gratuitos;
- Dois anos de garantias.

- Um contrato com fidelidade de um ano;
- Período de carência de 3 dias;

 

Galp Energia – Comfort Care

5,90€/mês

- Resolução rápida de cortes de gás;
- Intervenções técnicas de gás 24h/ dia (preço da mão de obra excluída);
- Linha de aconselhamento gás para ajudá-lo com dúvidas;
- Oferta de um detetor de monóxido de carbono.

- Um contrato com fidelidade de um ano;
- Período de carência de 3 dias;
- Excluidas revisões periódicas obrigatórias por entidades credenciadas.

 

Iberdrola - Casa Compromisso 1,91€/mês

- Serviço de Urgência Elétrica 24h/dia durante 365 dias;
- Presença de um técnico em máximo de três horas;
- Custo de reparação realizada por um instalador autorizado por um limite anual de 502€;
- Garantia de dois anos;

-30 dias de carência;
- Permanência de um ano.

 

Endesa – SAE 3,58€/mês (1,79€ no primeiro ano)

- Assistência de profissional em menos de três horas;
- Ilimitadas intervenções ou serviços ao ano;
- Deslocação e mão-de-obra gratuita durante as primeiras duas horas;
- Garantia de 6 meses.

- Não existe penalização.

Partilhar no Facebook  Partilhar no Twitter  Partilhar no Google Plus