Eletricidade mais barata em Portugal

Eletricidade mais barata Portugal

Quanto maior a concorrência, menor será o preço oferecido pelas empresas. Essa é uma máxima que é muito utilizada pelos comercializadores do mercado livre da luz, em Portugal.

Os preços das tarifas de luz vêm, cada vez mais, baixando seu valor. O maior impulsor desse feito foi a instauração do mercado liberalizado da energia, que propiciou a todos os consumidores de Portugal a possibilidade de escolher a empresa que mais lhe agrade e as tarifas ou potências de luz que mais lhes seja conveniente.

O mercado livre da luz em Portugal

A abertura do mercado energético português já é uma realidade para todos. Desde 2006, tanto novos como clientes provenientes do mercado regulado podem (e devem) aderir ao mercado livre da luz.

As vantagens da mudança são imensas, seja na autonomia - completa liberdade para mudar o seu contrato e empresa - ou a poupança com a eletricidade.

A Lojaluz fez uma lista dos serviços que podem ser gestionados pelo cliente que faça parte do mercado livre.

  1. Rescisão do contrato da luz
  2. Ligação da luz à rede elétrica
  3. Alteração da potência contratada
  4. Mudança de titularidade
  5. Alteração da tarifa elétrica
  6. Substituição da conta bancária
  7. Mudança de fornecedor elétrico
  8. Alteração da maneira de pagamento

O que necessito para aderir ao mercado livre da luz?

Entrar para o mercado livre da luz é algo muito fácil e rápido. O cliente necessita apenas ter a instalação da rede elétrica em seu imóvel para poder desfrutar das vantagens do mercado livre.

Uma vez feita a instalação, a Lojaluz recomenda que se faça um estudo sobre as suas necessidades, para, assim, contratar uma nova empresa de luz ou mudar de empresa de luz.

A Lojaluz preparou um vídeo explicativo onde mostra como fazer a ligação da luz à rede elétrica detalhadamente.

 

E os dados necessários para fazer a ligação são:

  • Nº contribuinte do titular (Cartão de Cidadão)
  • Contrato de arrendamento ou escritura
  • Potência a contratar (pode-se alterar)
  • Dados da morada da instalação.
  • Código CPE
  • Dados de Pagamento.

Qual tarifa devo escolher?

Atualmente, várias empresas disponibilizam tarifas com algumas peculiaridades que podem ser vantajosas para o cliente. É muito importante que o consumidor tenha em conta que, para tornar-se proveitosa, a tarifa - pode ser uma tarifa horária ou simples - deve encaixar com as rotinas e costumes de cada um. Do contrário, pode-se estar pagando demasiado pela fatura da luz.

Abaixo, mostraremos os tipos de tarifas de luz disponíveis no mercado livre português:

  • Simples: As tarifas simples são as mais básicas, e estão disponíveis para todos os clientes que queiram contratar eletricidade. Independentemente de quando ser verifique o consumo de energia, o preço não varia, sendo o mesmo para todo o período do dia. Normalmente, esta costuma ser a tarifa mais económica, pois é possível ao cliente controlar o que gasta.
  • Bi-horária: As tarifas bi-horárias são as que dividem as 24 horas do dia em dois períodos - horas vazio e horas fora vazio - sendo os preços diferentes em cada um deles. O preço fixo (do termo da potência elétrica) não muda, mas o preço do consumo varia segundo o momento do dia em que é feito esse consumo de energia.
  • Tri-horária: Saiba a que horas deve ligar a eletricidade para poder poupar na conta da luz. Assim conseguirá usufruir deste serviço da forma mais rentável ao contratar as tarifas tri-horárias. É o mais incomum de todas as tarifas horárias.

Os termos mencionados anteriormente são dois e compostos por:

  • Termos de uma fatura de luz:
  • Termo Fixo - quantia fixa que depende da potência que o cliente tem contratada.
  • Termo de Energia - este ponto depende da quantidade de energia consumida.

Simulador de despesas

A Lojaluz é especialista no mercado livre de Portugal, contando com uma equipa completa de profissionais capacitados e dispostos a ajudá-los a poupar o máximo possível com a luz.

Pensando nisso, preparamos uma simulação entre duas empresas de luz: Uma mais conhecida pelo público português e a outra, uma jovem, mas ambiciosa empresa, chamada Luzboa, que conta com capital 100% português.

A simulação das despesas de luz é uma ferramenta importante na hora de discriminar as suas despesas. No caso a seguir, simularemos as despesas de um imóvel com 10,35 kVA de potência de luz contratada e na função SIMPLES. Todos os dados foram feitos de acordo com a média nacional e são ilustrativos, já que pode-se mudar a potência, dependendo de cada aparelho, marca e conservação.

Vamos aos números:

Tarifa simples com potência 10,35 kVA
Empresa Termo fixo (€/Dia) Termo de energia (€/kWh) Total mensal Total anual

GALP (plano base)

0,4370 0,1592 112.61€ 1.351,32€

LUZBOA

0,3924 0,1508 106.02€ 1.272,26€

Como podemos ver, a poupança feita pelos consumidores que tenham contrato com a Luzboa é de 79,05€ anuais, o que representa basicamente, uma fatura nova.

É muito importante estar atento aos preços de todas as empresas, já que não existe uma diferença de qualidade no fornecimento. Toda a distribuição é feita pela EDP Distribuição e não existe diferença entre a qualidade do fornecimento das empresas.

Compare as empresas de luz

Um dos aspectos mais importantes antes de se realizar qualquer alteração contratual da luz, é a realização de comparações. A Lojaluz, pensando nisso, comparou as principais empresas de luz e o resultado foi esse:

*Facturação eletrônica

Quais empresas posso contratar?

Depois de serem feitas as devidas comparações e simulações, é hora de escolher se quer mudar de empresa de luz ou não. Se sim, existem várias empresas que comercializam seus serviços.

A Lojaluz listou as principais. São elas:

  1. Iberdrola
  2. EDP Comercial
  3. Galp Energia
  4. ENAT
  5. Goldenergy
  6. YLCE
  7. AUDAX
  8. LUZBOA
  9. Energia Simples
  10. Endesa
 
211 451 219
Quero que me liguem