Lista de fornecedores de energia: eletricidade e gás natural

A liberização do mercado de eletricidade e gás começou em 2006 e 2010 respetivamente, com a entrada de novas fornecedoras de luz e gás, criando um mercado mais competitivo, no qual os consumidores pudessem escolher qual a melhor tarifa a contratar.

O que é uma fornecedora de energia?

Em 2006, realiza-se a liberização do mercado de eletricidade em Portugal e em 2010 a liberização do mercado de gás natural. Iniciou-se a separação ente as atividades de distribuição e de comercialização da eletricidade e do gás natural.

Até 2006 o grupo EDP era o responsável pela distribuição e comercialização da eletricidade, possuindo o monopólio deste mercado. Os preços eram fixos e os consumidores não podiam escolher livremente com que companhia queriam contratar eletricidade.

No entanto, tudo muda com a liberização do mercado do gás natural e da eletricidade. Agora, As atividades de distribuição e comercialização estão separadas, no mercado livre, permitindo aos consumidores contratar tarifas de luz e gás com a fornecedora que desejam, no entanto, não podem escolher a distribuidora, pois esta é atribuida consoante a zona de residência de cada consumidor.

  • Principais fornecedores de energia em Portugal
  • EDP
  • Galp
  • Endesa
  • Iberdrola
  • Goldenergy

Qual é a função das comercializadoras de luz e gás?

As comercializadoras atúam como intermediárias entre as distribuidoras e os consumidores, são responsáveis por atribuir os preços da energia (tendo em conta a regulação da ERSE), assim como de faturar a energia consumida de cada cliente.

  1. Produzir a sua própria eletricidade, ou comprá-la no mercado grossista;
  2. Vender energia livremente para consumidores finais;
  3. Aceder às redes de transporte e de distribuição mediante o pagamento de tarifas de acesso estabelecidas pela ERSE;
  4. Respeitar a qualidade e o abastecimento contínuo de eletricidade e gás natural;
  5. Disponibilizar aos seus clientes acesso à informação de forma simples e compreensível;
  6. Receber o pagamento dos clientes e destiná-lo a pagar taxas, impostos e outros custos relacionados com a rede.

Como comparar as fornecedores de energia?

Quando nos encontramos com a tarefa de escolher a comercializadora de eletricidade e gás natural para a nossa casa/empresa, o primeiro que devemos ter em conta é que devemos realizar uma comparação exaustiva de modo a encontrar a tarifa mais indicada às suas necessidades e ao seu perfil de consumidor.

Se está a considerar mudar de fornecedora elétrica ou de gás natural, aconselhamos a realizar um estudo de todas as possibilidades, antes de realizar qualquer tipo de contratação, permitindo assim conhecer em detalhe todas as opções de tarifas oferecidas no mercado livre.

Para realizar esta comparação é importante saber a que horas e dias consome mais energia de modo a obter uma maior poupança, assim como, saber qual é a medida do seu imóvel, quantas pessoas vivem no imóvel e a quantidade de eletrodomésticos que usa em sua casa, de modo a escolher a melhor tarifa e consequentemente poupar na sua fatura de energia.

Preço do kWh, promoções e descontos

Quando souber o tipo de consumo que realizar, o passo seguinte será comparar as diferentes tarifas que se encaixam no seu perfil, disponíveis no mercado energético, dando importância aos seguintes aspetos:

Deve ter em conta que, nem sempre ter descontos, significa que é a tarifa mais barata. É possível encontrar ofertas sem descontos, mais baratas do que tarifas com descontos e por isso deve ter em atenção qual a melhor tarifa para si. Deve também ter em conta que se o seu consumo é baixo deve dar mais importância ao termo de potência e se o seu consumo for elevado, deve dar mais importância ao preço do kWh.

Condições de contratação

Antes de contratar uma tarifa de luz e gás deve também ter em conta a qualidade do serviço oferecido e as condições de contratação, dando mais importância aos seguintes aspetos:

  • A tarifa tem fidelização?
  • A tarifa obriga a contratar serviços técnicos extra?
  • A fornecedora oferece serviço de atenção ao cliente personalizado?
  • os problemas são resolvidos de forma ágil?
  • Oferece serviço de emergências 24 horas?
  • O preço inclui a reparação de avarias da instalação?
  • Inclui deslocamento à morada sem custos adicionais?
  • Documentos para alterar o seu fornecedor de energia
  • Nome completo e Cartão de Cidadão, NIF ou passaporte.
  • Morada onde se encontra o abastecimento de energia.
  • Código Ponto de Entrega (eletricidade) e Código Universal de Instalação (gás natural).
  • Potência elétrica que deseja contratar.
  • NIB ou IBAN em caso de débito direto.