Está aqui

Ciclo horário das tarifas

banner tarifa

call lojaluz

ciclo horário tarifas

Após fazer a nova ligação à rede, o cliente deve escolher que tipo de tarifa eléctrica vai contratar, que potência elétrica precisa e que companhia vai ser a sua comercializadora.

Em primeiro lugar, o cliente deve ser que pode alterar o seu contrato quando quiser. Pode mudar o titular do contrato ou alterar a potência contratada para adaptá-la às suas necessidades, ou pode mudar de comercializador sem custos graças ao mercado livre.

Estes tipos de tarifas devem ser estudados antes que o cliente celebre o contrato. O principal estudo é o horário do consumo.

Realizar a ligação elétrica

Em primeiro lugar, o cliente deve conhecer se onde quer ter o fornecimento eléctrico existe ou não a possibilidade de tê-lo. Isto é, saber se a instalação eléctrica está feita ou se precisa de alguma reparação ou reforço no ramal. A possibilidade de ter o fornecimento de luz depende da instalação eléctrica.

Após esta verificação, o cliente deverá solicitar a ficha técnica da instalação à EDP Distribuição, em caso de não a ter.

Tarifas Eléctricas

A variedade de tarifas elétricas faz que o cliente possa encontrar alguma que melhore a sua situação. Pode distinguir-se três tipos de tarifas eléctricas: Tarifa simples Tarifa bi-horária Tarifa tri-horária

Ciclo horário na tarifa simples:

Este tipo de tarifa tem uma característica principal: mesmo preço da energia para qualquer hora do dia.

A tarifa simples é a tarifa básica. Qualquer cliente que contrate luz, se não especificar que tipo de tarifa quer adquirir, automaticamente no seu contrato aparecerá esta.

Ciclo horário Tarifa Simples: mesmo preço durante todo o dia.

Ciclo horário na tarifa bi-horária:

Como o seu próprio nome indica (tarifa bi-horária) esta tarifa parte as 24 horas do dia em dois grupos: horas de vazio e horas fora do vazio.

Nas horas de vazio os preços da energia são mais baixos e é quando geralmente existe menos consumo.

O preço aumenta nas horas fora de vazio, que geralmente é quando se faz mais consumo.

TIPO CICLO

Hora de Vazio

Das 22:00 ás 8:00

Hora fora de Vazio

Das 8:00 ás 22:00

Ciclo horário na tarifa tri-horária:

As tarifas tri-horárias partem as 24 horas do dia em três grupos: horas Ponta, cheias e vazio. Este tipo de tarifas são aconselháveis para usos industriais.

Durante as horas de vazio, os preços da energia elétrica são mais baixos, sendo muito importante fazer o consumo durante estas horas.

As horas cheias são as horas com preço energético básico, entre as ponta e as de vazio.

O preço mais alto da energia é durante as horas ponta, sendo um preço bastante alto, tentando fazer o consumo mínimo durante esse período.

Ciclo horário durante o inverno:

TIPO DE HORA PERÍODOS

Ponta

 

das 9:00 ás 10:30

das 18:00 ás 20:30

Cheia

das 8:00 ás 9:00

das 10:30 ás 18:00

das 20:30 ás 22:00

Vazio

das 22:00 ás 8:00 

Ciclo horário durante o verão:

TIPO DE HORA PERÍODOS

Ponta

 

das 10:30 ás 13:00

das 19:30 ás 21:00

Cheia

 

das 8:00 ás 10:30

das 13:00 ás 19:30

das 21:00 ás 22:00

Vazio

das 22:00 ás 8:00

Comparar os tipos de tarifas:

Para saber qual dos três tipos de tarifa é mais rentável, o cliente deve fazer uma estimativa do seu consumo e das percentagens de consumo durante cada tipo de hora.

A comparação de tarifas elétricas é um procedimento que o cliente deve fazer, mas também verifique se quer mudar de comercializador para melhorar a sua situação e poupar com a conta da luz.

Compare as tarifas e mude de comercializadora para poupar com a conta da luz. Reduza a sua despesa mensal. Encontre a sua tarifa elétrica.

Instalação elétrica:

Não todas as instalações elétricas têm disponibilidade para este tipo de tarifas. Se um cliente quer contratar uma tarifa com diferença horária, então deve perceber que a instalação deve ser adaptada. Talvez não precise de um reforço por parte da distribuição elétrica, mas devem proceder a uma alteração no próprio contador para que automaticamente se faça a contabilidade do consumo por cada período do ciclo.

Se fizer um reforço no ramal (coisa que não é tão comum) então deve solicitar um novo certificado da instalação à EDP Distribuição.