Está aqui

Alterar a potência contratada em um escritório

Qualquer negócio que se vá montar, é necessário um planejamento prévio para, assim, evitar qualquer dor de cabeça no futuro. Dentro desses planejamentos, deve-se ter em conta todo o fornecimento elétrico com que se terá que trabalhar.

A Lojaluz recomenda que se faça um estudo completo do que se usará no novo escritório para se ter uma noção do que se gastará no final de cada mês. A Lojaluz conta com uma equipa completa de profissionais capacitados e dispostos a ajudar com qualquer dúvida que tenha relacionada à luz e o gás da sua empresa. Não hesite em contactar-nos e comece a poupar hoje mesmo.

O mercado livre da eletricidade

Desde 2006, o mercado livre da luz está presente em Portugal, e já conta com mais de 4 milhões de clientes. As vantagens de estar no mercado livre são inúmeras e só crescem a cada dia. Vejam as principais vantagens do mercado livre:

  1. Mais opções: no mercado livre, tem mais opções de fornecedores e de tarifas de luz. Desta forma, são muitas as opções de serviço contratado, e fica mais fácil para o cliente encontrar uma que lhe agrade.
  2. Dinamismo: o mercado livre é mais dinâmico, nele podem sempre aparecer tarifas e descontos melhores.
  3. Liberdade: o cliente é livre para mudar de companhia de luz elétrica quando quiser! E este processo é gratuito.
  4. Preços: graças à concorrência do mercado livre, o cliente pode poupar na fatura de luz com os preços mais baixos.

Além dessas vantagens, veja quais serviços poderá usufruir, uma vez aderido o mercado livre:

  1. Rescisão do contrato da luz
  2. Ligação da luz à rede elétrica
  3. Alteração da potência contratada
  4. Mudança de titularidade
  5. Alteração da tarifa elétrica
  6. Substituição da conta bancária
  7. Mudança de fornecedor elétrico
  8. Alteração da maneira de pagamento

Por quê alterar a potência elétrica de um escritório?

É muito importante saber se a potência contratada existente no imóvel será capaz de fornecer energia para todo o equipamento do escritório, caso contrário, pode-se haver falta de fornecimento e, consequentemente, um corte momentâneo - proveniente do desligamento do disjuntor - na luz elétrica, podendo causar grande dano, tanto material como informativo.

Saiba quando proceder a alteração da potência elétrica de acordo com suas necessidades:

Aumentar a potência: se o disjuntor salta constantemente ou quando liga os aparelhos que precisa, deve contratar mais potência e solicitar um aumento de tensão.

Reduzir a potência: se reparar que está a pagar um termo fixo na factura alto demais e está a pensar poupar, além de poder ligar todos os aparelhos e o disjuntor não saltar pode solicitar uma redução da potência elétrica contratada.

Saiba que pode mudar de potência sempre que quiser de forma a atender às suas necessidades

Quais potências elétricas são recomendadas para um escritório?

Para saber qual potência é a mais recomendada para o seu escritório, veja alguns pontos importantes a ter-se em conta, antes de realizar qualquer mudança:

  • Tamanho do negócio
  • Horário de funcionamento
  • Quantidade de aparelhos elétricos e eletrónicos
  • Tempo de uso dos aparelhos
  • Número de trabalhadores

As potências mais comuns para pequenos e médios escritórios dependerá desses pontos citados anteriormente. Feito esse estudo, observe quais são, geralmente, as potências contratadas para um escritório:

10,35

13,8

17,25

20,7

Quando decidir contratar uma potência, deverá ter em atenção que esta tem um de três níveis. Poderá contratar:

Baixa Tensão: Potências contratadas iguais ou inferiores a 45 kVA e potência mínima contratada de 1,15 kVA. Este tipo é aconselhável para clientes residenciais, lojas, escritórios e pequenas empresas. BTN (Baixa Tensão Normal para potências <41.4 kVA) e BTE (Baixa Tensão Especial para potências entre 41.4 kVA e 45 kVA).

Média Tensão: tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 1kV e igual ou inferior a 45kV. Estas potências são específicas para indústrias.

Alta Tensão: Tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 45KW e igual ou inferior a 110KW e a potência contratada é igual ou superior a 6MW. O uso desta potência destina-se à indústria siderúrgica, grandes hospitais, indústria da celulose, indústria de plásticos, indústria de adubos, serviços energéticos, etc.

Devo mudar de empresa de eletricidade para poupar na luz?

Sim. Sempre que se perceba uma promoção em que sua empresa se possa encaixar, recomenda-se que mude de companhia de luz.

Qualquer cliente pode mudar de empresa de luz até quatro vezes a cada 12 meses.

Confira o vídeo feito pela Lojaluz, onde explica passo a passo como realizar a mudança de empresa de luz.

 

Comparar as empresas de luz

Comparar as empresas de luz é, talvez, a ferramenta mais importante que o cliente tem, no mercado livre. Uma comparação bem feita, fará que o consumidor encontre a melhor opção para que se possa realizar um máxima poupança com a luz elétrica.

As tarifas duais são muito convenientes quando se trata de imóveis onde há despesa de luz e gás.

A Lojaluz preparou um gráfico comparativo entre as principais empresas de luz e suas respectivas tarifas. Nesse caso, observe uma comparação entre as tarifas simples e 10,35 kVA de potência contratada.

*Faturação eletrónica

Simulador das despesas de luz de um escritório

Outra ferramenta que os empreendedores devem ter em conta é o simulador de despesas elétricas. Fazendo uma boa simulação é provável que se tenha uma noção real do que o seu escritório pode gastar ao final do período de faturação.

Lembrem-se que toda simulação é aproximada e nunca será exata, já que cada imóvel tem suas particularidades e não podemos generalizar o uso de cada aparelho elétrico.

No caso a seguir, veremos uma simulação das despesas de um escritório - com aproximadamente 10 pessoas - que funciona 5 dias na semana e oito horas por dia, na tarifa Simples e com potência contratada de 10,35 kVA. Vejam os resultados:

Tarifa simples com potência 10,35 kVA
Empresa Termo fixo (€/Dia) Termo de energia (€/kWh) Total mensal Total anual

EDP COMERCIAL Casa(sem débito)

0,4273 0,1570 295.41€ 3.545,02€

ENDESA (tarifa luz domésticos)

0,4160 0,1632 306.24€ 3.674,88€

GALP (plano base)

0,4370 0,1592 299.67€ 3.593,04€

LUZBOA

0,3924 0,1508 283.18€ 3.398,18€

IBERDROLA (plano básico casa)

0,4703 0,1647 310.56€ 3.726,82€

YLCE*

0,3702 0,1471 275.88€ 3.310,63€

Só é válida para subscrições e faturação eletrônica*

A economia que se pode fazer ao escolher uma outra companhia supera os dígitos de dezena, com uma diferença de 416.18€ anuais ou 34.60€ mensais.

Dicas para poupar com a luz do meu escritório

Feitos todos os estudos necessários, é hora de realizar a nossa parte. Vejam algumas dicas importantes para poupar na sua fatura de luz:

  • 8 dicas para poupar na eletricidade de sua empresa
  • Um equipamento de ar-condicionado desregulado pode consumir até 20% a mais. Por isso, faça a limpeza periódica dos filtros e da abertura de ar.
  • Ao usar ar-condicionado, mantenha sempre portas e janelas fechadas.
  • Verifique se as tomadas estão aquecendo. Além de perdas de energia, o fenómeno pode indicar riscos de choque elétrico e incêndio.
  • A iluminação costuma representar de 10% a 15% do gasto total de eletricidade. Escolha lâmpadas económicas.
  • Instale sensores de movimento em corredores e salas de banho para evitar que a luz fique acesa de forma desnecessária.
  • Evite pintar paredes com cores escuras, elas exigem mais iluminação e refrigeração.
  • Não deixe equipamentos no modo stand-by. Desligue-os.
  • Se a porta dos frigoríficos está abrindo facilmente, ou se estão acumulando gelo, troque as borrachas das portas – frouxas, elas geram perdas de energia que podem chegar a 30%. Também procure manter os aparelhos a pelo menos 10 cm de distância das paredes.
Partilhar no Facebook  Partilhar no Twitter  Partilhar no Google Plus