Posso reduzir a potência da eletricidade?

A potência contratada limita o consumo instantâneo de energia, cortando o fornecimento quando excedemos o limite. Normalmente o cliente tem contratada uma potência tal que o permita usufruir do fornecimento sem cortes nem problemas adicionais.

A qualidade do seu fornecimento está limitada pela distribuição eléctrica do país, ao abrigo da EDP Distribuição.

A potência da eletricidade

A potência contratada é o nível de tensão de uma instalação

A potência contratada é o nível de tensão de uma instalação, e limita o consumo instantâneo de energia, interrompendo o fornecimento quando excedemos o limite. Normalmente o cliente tem contratada uma potência de tal modo que que lhe seja permitido usufruir do fornecimento sem cortes nem problemas adicionais. A qualidade do seu fornecimento está limitado pela distribuição eléctrica do país, ao abrigo da EDP Distribuição.

Qual é a minha tensão elétrica?

Veja as principais potências e tensões elétricas do mercado:

Baixa Tensão: Potências contratadas iguais ou inferiores a 45 kVA e potência mínima contratada de 1,15 kVA. Este tipo é aconselhável para clientes residenciais, lojas, escritórios e pequenas empresas. BTN (Baixa Tensão Normal para potências <41.4 kVA) e BTE (Baixa Tensão Especial para potências entre 41.4 kVA e 45 kVA).

Média Tensão: tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 1kV e igual ou inferior a 45kV. Estas potências são específicas para indústrias.

Alta Tensão: Tensão entre fases cujo valor eficaz é superior a 45KW e igual ou inferior a 110KW e a potência contratada é igual ou superior a 6MW. O uso desta potência destina-se à indústria siderúrgica, grandes hospitais, indústria da celulose, indústria de plásticos, indústria de adubos, serviços energéticos, etc.

Tenho que pagar por reduzir a potência?

não tem qualquer custo associado

Esta operação não tem qualquer custo associado, no entanto deve-se ter especial cuidado para não reduzir a potência em demasia, de modo a evitar problemas na utilização do serviço. Ao contratar uma potência demasiado baixa relativamente ao seu uso, deparar-se-á com a falha do serviço regularmente, tal ocorre devido ao disjuntor, que é um dispositivo utilizado pela empresa que visa controlar o uso de energia em casa dos clientes, consoante a potência que têm contratada.

Como reduzir a potência da eletricidade?

Primeiramente, revela-se fundamental saber qual a potência que tem contratada. Deste modo, já se encontra mais enquadrado com o tipo de despesas mensais que tem e poderá então proceder a uma análise mais eficaz consoante o valor da potência contratada que possui, se possível consultar a sua factura para obter a resposta a este ponto.

Após esta fase, deve-se recorrer a um cálculo de qual seria a potência necessária para poder manter um serviço aceitável em função da quantidade de aparelhos que existem na instalação e dos seus respectivos consumos. Ou seja, nesta etapa vamos traduzir o número de electrodomésticos e aparelhos nos seus respectivos consumos e verificar se, em função do valor obtido, se torna possível alterar a potência contratada sem comprometer a qualidade e estabilidade do serviço.

Poupar ao alterar a potência elétrica

Pode e deve melhorar o seu contrato ao mesmo tempo em que altera a potência elétrica

SIM. Pode e deve melhorar o seu contrato ao mesmo tempo em que altera a potência elétrica, pois assim poupa dinheiro e tempo. Ao mesmo tempo em que altera a potência, mude de fornecedor elétrico e contrate outra tarifa de eletricidade. O cliente no mercado livre da luz pode mudar de tarifa elétrica sempre que quiser, e assim pode melhorar o seu contrato e poupar com a conta da luz.

Altere a titularidade ao mesmo tempo, e faça a gestão completa do fornecimento da eletricidade. Aproveite as vantagens do mercado livre e faça tudo no mesmo trâmite, e melhore o seu contrato.

Dados para mudar a potência

Uma vez decididas as alterações que irá fazer, pode contactar connosco, com a companhia que escolheu para o seu novo contrato ou com a companhia que já tem contratada e apresentar os dados necessários para o seu contrato (tendo uma factura de luz anterior a maioria dos dados não são precisos).

  1. Nº contribuinte do titular (BI)
  2. Contrato de arrendamento ou escritura
  3. Potência a contratar (pode-se alterar)
  4. Código CPE
  5. Dados da morada da instalação.
  6. Dados de Pagamento.
 
210 009 971
Quero que me liguem