Está aqui

Poupar luz com a Luzboa

Poupar luz Luzboa

A Luzboa é uma empresa portuguesa - nascida em Viseu - e, apesar do pouco tempo no mercado, vem ganhando uma parcela bastante significativa no setor doméstico do país.

A Luzboa é a primeira empresa a inovar nos tarifários de eletricidade domésticos com uma oferta diferenciada que se consubstancia no tarifário INDEXADO 50/50 em que a LUZBOA divide os lucros com o seu cliente, de acordo com o seu consumo anual.

Luzboa no mercado livre da luz

Desde 2006, o mercado livre da luz está presente em Portugal e já conta com mais de 4 milhões de clientes entre domésticos e industriais.

De acordo com a própria empresa, a Luzboa se auto-apresenta como uma empresa de referência no mercado da comercialização de electricidade, colocando-se do lado do cliente, apostando na inovação e diferenciação como veículo para uma oferta de máxima transparência e competitividade em toda gama de produtos e serviços.

Até o final de 2017, todos os imóveis do país terão a obrigatoriedade de estar vinculado com alguma empresa do mercado liberalizado da energia.

A empresa conta com capital 100% português e tem como presidente o Viseense Pedro Morais Leitão.

As novas empresas de luz de Portugal

Uma das grandes vantagens do mercado livre da energia é a possibilidade de inserção de novas empresas, proporcionando, assim, uma maior competitividade, o que leva a queda dos preços das tarifas elétricas e quem sai ganhando com isso é o cliente.

Além da luzboa, existem outras empresas que recém chegaram no mercado energético português. Vejam quais são:

  1. YLCE
  2. ENAT
  3. ENERGIA SIMPLES
  4. AUDAX

Gestões elétricas com a Luzboa

A Luzboa, por ser uma das empresas de eletricidade presentes no mercado livre, dá ao consumidor todas as vantagens oferecidas pelo novo sistema.

A Lojaluz fez uma lista com as principais vantagens de aderir-se ao mercado livre da luz, que, não apenas oferece uma poupança significativa na luz, mas também dá autonomia e liberdade para todos os clientes, contrastando com o mercado regulado.

  1. Rescisão do contrato da luz
  2. Ligação da luz à rede elétrica
  3. Alteração da potência contratada
  4. Mudança de titularidade
  5. Alteração da tarifa elétrica
  6. Substituição da conta bancária
  7. Mudança de fornecedor elétrico
  8. Alteração da maneira de pagamento

Comparação de preços da Luzboa

Antes de celebrar um contrato de luz com alguma empresa é necessário que o cliente realize uma comparação entre suas tarifas elétricas para, assim, ter mais segurança na hora de fazer algum acordo com uma empresa elétrica.

Contacte a Lojaluz para poupar o mais rápido possível. Nós somos especialistas em comparações e sempre buscamos informar ao cliente o que há de mais vantajoso no mercado, sem qualquer custo ou parcialidade.

A seguir, podemos verificar uma comparação feita pela Lojaluz entre três empresas presentes no mercado livre da luz, todas elas com uma tarifa simples contratada e 10,35 kVA de potência elétrica contratada. Os resultados foram esse:

 

Simulador de despesas com a Luzboa

Outra ferramenta disponível para o cliente e de suma importância - especialmente para que o cliente saiba onde está gastando mais na sua fatura de luz - é a realização de uma simulação de despesas elétricas.

É muito comum que, ao fim do mês, o cliente se pergunte: como será feita a medição de consumo realizada na minha morada?

Antes de falarmos em valores, é importante mostrar ao consumidor os termos usados na fatura de luz para que possa entender de onde vem esses valores.

Termo fixo (€/dia): É um valor fixo que sempre pagará em sua conta de luz, independentemente do consumo. Seu valor está relacionado à potência contratada, que é a quantidade contratada de luz que poderá utilizar ao mesmo tempo. Caso o cliente perceba que seu disjuntor apaga quando faz uso de muitos aparelhos, é aconselhável que altere a potência elétrica contratada.

Termo de consumo (€/kWh): Geralmente representa a maior parte de uma conta de luz e é, de fato, o preço do kWh da luz consumido, ou seja, é referente ao valor que vai pagar pelo volume consumido.

Agora que já conhecemos os termos utilizados, vamos à simulação. Nesse caso, em particular, utilizaremos os dados médios do consumo nacional para uma morada com a potência de 10,35 kVA e com a tarifa simples.

Esse tipo de potência é ideal para pequenos negócios ou imóveis com mais de 5 pessoas.

Tarifa simples com potência 10,35 kVA
Empresa Termo fixo (€/Dia) Termo de energia (€/kWh) Total mensal Total anual

ENDESA (tarifa luz domésticos)

0,4160 0,1632 143.04€ 1.716,48€

LUZBOA

0,3924 0,1508 132.41€ 1.588,94€

IBERDROLA (plano básico casa)

0,4703 0,1647 145.86€ 1.750,32€

Como podemos ver, apesar de ser a empresa menos conhecida, a Luzboa é a que mais rentável sai para o bolso do cliente. Nesse caso, a diferença é significativa e ultrapassa os 160 euros.

Como mudar de empresa de luz?

Após todos os estudos de simulação e comparação, se o cliente não estiver satisfeito com a sua companhia de luz, é hora de mudar de empresa elétrica. A mudança de companhia de luz é um serviço rápido e gratuito, onde o cliente apenas deve contactar connosco da Lojaluz ou com a empresa que escolheu para firmar o contrato.

O cliente pode mudar de empresa de luz sempre que queira. Essa gestão pode ser feita até quatro vezes no período de 12 meses

É importante Lembrar que, antes de contactar com qualquer meio, é imprescindível que tenha em mãos a documentação necessária para realizar a mudança.

  • Dados para mudar de companhia
  • Nº contribuinte do titular (Cartão de Cidadão)
  • Contrato de arrendamento ou escritura
  • Potência a contratar (alterável)
  • Código CPE
  • Dados da morada da instalação
  • Dados de Pagamento.

Contatos Luzboa

A Luzboa pode ser contactar pelas seguintes vias:

  • Via telefônica
  • N.º de Atendimento ao Cliente: 808 911 122;