Está aqui

Custos de mudar de companhia elétrica

O cliente pode deparar-se com a opção de querer celebrar um contrato com uma nova empresa comercializadora.

Consequentemente, existe uma grande pergunta que deve ser considerada antes de iniciar este processo: "Existe algum custo associado ao acto de mudar de companhia elétrica?"

Não, não existe nenhum custo relacionado com esta operação. Deve até saber que atualmente, existe uma vasta variedade de empresas com bastantes ofertas que se recomendam que sejam analisadas. Assim sendo, no que toca à alteração da companhia elétrica que tem contratada, nenhuma pode cobrar por querer dar início a um contrato com a mesma.

Que fatores devo ter em conta na alteração de fornecedor elétrico?

Atualmente o mercado energético português encontra-se liberalizado, isto permite que exista  uma concorrência saudável entre empresas comercializadoras, o que por sua vez origina preços mais apelativos para o consumidor.

Independentemente da empresa com a qual deseja celebrar um novo contrato, deve estar consciente que não vão existir perdas na qualidade do serviço, uma vez que é da responsabilidade da distribuidora. No caso do mercado elétrico a empresa destacada para tratar desta vertente é a EDP Distribuição.

 

Deve também saber que pode alterar de companhia elétrica frequentemente. Ou seja, sempre que verificar a existência de uma oferta mais apelativa que a que possui, pode entrar em contacto com a empresa em causa para celebrar um novo contrato de eletricidade. Tendo sempre em conta os diferentes tipos de tarifas elétricas de modo a poder beneficiar de um contrato adequado às necessidades do cliente.

Por fim, é aconselhado ao cliente que analise bem as ofertas de tarifas duais presentes no mercado energético, pois estas costumam proporcionar uma maior poupança na eletricidade no final do mês.

Consulte todas as tarifas disponíveis das companhias comercializadoras do mercado livre de eletricidadeAjudamos a encontrar a que melhor se adapte às suas necessidades. Contacte-nos!
Chamada Gratuita Leve-me ao comparador

Sou obrigado a permanecer com o serviço que contratei de luz?

Veja as vantagens de aderir ao mercado livre de eletricidade

Por norma, não costuma existir tal obrigatoriedade. No entanto, é uma prática usual por parte das empresas, proporcionarem um desconto maior aos clientes no caso de estes aceitarem uma permanência durante um certo intervalo de tempo. Veja as vantagens de aderir ao mercado livre da eletricidade.

Esta opção não é recomendada, uma vez que uma das maiores vantagens da existência de um mercado liberalizado é a possibilidade do cliente poder alterar o contrato de eletricidade em espaços temporais muito curtos. É também comum que estas ofertas tentadoras acabem por se revelar traiçoeiras, pois podem ter custos de serviço inesperados que podem neutralizar ou até piorar os benefícios que existiam vinculados à existência de um maior desconto. O preço do kwh é diferente para cada companhia de luz.

Uma vez estando numa situação de permanência, passa a existir um custo associado se pretender alterar a sua companhia elétrica, sendo este preço proporcional ao tempo que falta até o fim da fidelização do cliente.

Que documentos necessito para efetuar a mudança do contrato de luz?

Após ter efetuado uma boa comparação das tarifas presentes no mercado elétrico nacional, encontra-se já preparado para entrar em contacto com a empresa que proporciona os serviços que pretende adquirir.

Visando facilitar esta tarefa é recomendado que tenha consigo os seguintes dados:

A tarifa de luz mais barata

Apresentamos o caso de um doméstico com 10,35 kVA de potência contratada, na opção Simples:

Estas tarifas não têm condições contratuais referentes a faturação eletrónica nem ao débito direto como meio de pagamento, exceto a YLCE, quem não tem tarifa sem FE.

As empresas de eletricidade disponíveis no mercado livre

O mercado livre de eletricidade, a finais do ano de 2016, contava já com mais de 20 comercializadores de eletricidade. Conheça o nome de algumas delas:

Partilhar no Facebook  Partilhar no Twitter  Partilhar no Google Plus