Guia para mudar de fornecedor de luz e gás

As tarifas reguladas - aquelas que todos os anos eram fixadas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) - acabaram e foram substituídas por tarifas transitórias que são mais caras.

A alternativa é mesmo passar para o mercado livre, onde são as empresas como a EDP, a Galp ou a espanhola Endesa a definir os preços, que serão mais baixos do que os das tarifas transitórias. Para isso, tem de mudar de operador, mesmo que se queira manter na EDP.


Qual a diferença entre a tarifa transitória de eletricidade e o preço no mercado livre?

Depende do consumo e da potência contratada. No mercado regulado, com uma potência de 4,6 kVA (média nos consumidores domésticos) o preço é de 6,39 euros por mês mais 0,1652 cêntimos por cada kWh. No mercado livre, a mesma potência na EDP, com o seu plano Eletricidade básico, custa 6,17 euros por mês e 0,1634 euros por cada kWh; já na Endesa, com o plano Quero Mais Luz, a potência custa 6,33 euros/mês mais 0,1614 euros pelo kWh.

*valores atualizados em 03/01/2017

E qual a diferença no gás?

Em Lisboa, a tarifa transitória custa 2,74 euros pelo termo fixo do escalão dois de consumo (entre 221 e 500 m3) mais 0,0555 euros pela energia consumida. No mercado livre o termo fixo do plano básico Quero + Gás da Endesa custa 2,88 euros e o kWh custa 0,0646 euros. Na Galp On, o termo fixo custa 2,55 euros/mês e o kWh custa 0,0583 euros. Os preços do gás natural podem mudar consoante a região.

*valores atualizados em 03/01/2017

Como posso fazer a mudança de fornecedor?

Consulte todas as tarifas disponíveis das companhias comercializadoras de eletricidade do mercado livreAjudamos a encontrar a que melhor se adapte às suas necessidades. Contacte-nos!
Chamada Gratuita Leve-me ao comparador

Pode contactar-nos através do número de telefone gratuito 210 009 971, e nós iremos ajudá-lo a mudar de fornecedor. O processo é gratuito, demora no máximo três semanas e durante esse período não será interrompido o fornecimento de eletricidade ou gás que tem. Além disso, pode mudar de fornecedor as vezes que quiser porque não há fidelização contratual.

Se eu for cliente da EDP SU ou da Galp Energy e quiser manter o mesmo operador também é preciso mudar?

Sim. A EDP Serviço Universal é a operadora do mercado regulado e no mercado livre é a EDP Comercial. No caso do gás, será preciso mudar para a Galp On.

Que companhias de luz existem?

No mercado doméstico de eletricidade, existem numerosas companhias que fornecem energia e gás. Conheça as operadoras do mercado livre com tarifas duais:

Há tarifas bi-horárias no mercado livre?

Sim. A oferta de tarifas bi-horárias é muito extensa e os clientes podem escolher a que preferem. Para isso devem comparar os preços no ciclo horário em questão.

Tipo Ciclo

Hora de Vazio

Das 22:00 ás 8:00

Hora Fora de Vazio

Das 8:00 ás 22:00

No mercado livre os preços também podem ser alterados durante o ano? Sim. Os operadores podem lançar várias campanhas com preços e descontos diferentes ao longo do ano e o consumidor só tem de escolher aquela que prefere ou mais lhe convém.

Como são formados os preços no mercado livre?

Os preços são definidos pelos operadores com base no que custa produzir a energia, ou seja, tendo em conta o preço das matérias-primas. No entanto, a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) também vai fixar uma tarifa recomendada que serve de guia para as empresas e para conter possíveis abusos. Mais, se os operadores abusarem, o regulador pode multar os operadores.

Já estou no mercado livre. É possível regressar ao mercado regulado?

Não. Mudar só é possível se for para um outro operador do mercado livre.

 
210 009 971
Quero que me liguem