Está aqui

 

Quero ligar o gás natural

Quero ligar gás natural

Se o cliente desejar efectuar uma nova ligação à rede de distribuição de gás terá de ter em conta vários factores. No entanto, as fases necessárias para concluir este processo são todas bastante fáceis e rápidas de resolver.

A condição primária para poder efectuar uma nova ligação de gás é a de possuir já um contrato de água e de luz, uma vez cumprido este ponto encontra-se preparado para iniciar o processo respectivo para poder ter acesso ao fornecimento de gás natural em sua casa.


Qual a melhor companhia a escolher?

Este é um factor muito importante que deve ser considerado desde o momento que se pretende fazer uma nova ligação de gás e deve ser constantemente revisto enquanto o contrato se encontrar em vigor. O consumidor deve estar a par de todas as tarifas existentes no mercado de modo a poder efectuar a melhor escolha. Consequentemente, de modo a obter uma maior poupança na conta mensal, torna-se fundamental saber qual a melhor tarifa de gás natural.

Quer já se encontre associado ou não a um contrato, deve saber que lhe é possível mudar de fornecedor de gás a qualquer altura e sem número máximo de vezes. Este facto deriva da existência de um mercado energético liberalizado em Portugal, deste modo agora é possível para o consumidor mudar frequentemente tanto de tarifa dentro da mesma empresa, como mudar de fornecedor sempre que verificar a existência uma poupança considerável com a mudança.

Existe alguma maneira de obter uma poupança maior?

Começando a informar-se sobre a ampla variedade de ofertas no mercado do gás natural, vai-se deparar com certos descontos na conta e nos serviços. Devem-se analisar cuidadosamente estas oportunidades de poupança, pois algumas delas representam uma redução quase insignificativa dos valores da fatura do gás. É importante ter em conta também taxas de serviços adicionais que possam existir no contracto com a fornecedora, pois estas despesas, aparentemente pequenas podem no final de contas não proporcionar a melhor opção. Destaca-se também o facto dos descontos nas tarifas duais, que são ofertas mais benéficas para o caso do consumidor aderir a um serviço conjunto de gás e de luz.

Ao analisar as tarifas pode questionar-se em relação à qualidade de serviço das diferentes empresas fornecedoras. A resposta a esta questão é que a qualidade do serviço de todas estas companhias é igual, pois este factor depende unicamente da distribuidora da zona. O que pode variar é a qualidade de serviço de localidade para localidade, pois as diversas regiões do país podem estar sob a responsabilidade de empresas diferentes.

Uma vez escolhida a companhia, que mais necessito?

Dado por concluída a verificação dos requisitos necessários e após saber qual a melhor tarifa de gás do mercado de Portugal o cliente pode entrar em contacto com a comercializador detentora do preço que proporciona uma maior poupança. Para efectuar este contacto deve ter consigo os seguintes dados:

  • Dados pessoais (Cartão de Cidadão, BI ou Passaporte)
  • Contrato de arrendamento ou escritura.
  • Dados da morada da instalação.
  • CUI (Código Universal da Instalação)
  • Certificado de Inspecção da Instalação emitido por uma Entidade Inspetora.
  • Dados de Pagamento.

No caso de não possuir uma instalação de gás natural, terá que contactar a distribuidora da sua zona e pedir um orçamento para esta tarefa. Pelo que deverá informar-se sobre qual é a distribuidora de gás da sua área. Após a instalação deve comunicar a uma entidade inspectora para que esta lhe possa emitir uma certificação da respectiva instalação.

Existe algum custo associado numa nova ligação do gás natural?

Este ponto varia conforme o valor orçamentado pela empresa e depende também do custo do certificado, sendo o preço máximo deste último de 74,7 euros. Uma vez concluídos estes processos já pode usufruir do seu novo serviço de gás natural.

Na eventualidade de existir algum problema na qualidade do fornecimento contratado, deve sempre entrar em contacto com a empresa comercializadora e não com a empresa distribuidora.

Partilhar no Facebook  Partilhar no Twitter  Partilhar no Google Plus