Está aqui

Mudança para o mercado livre de gás e electricidade

mudar mercado livre eletricidade

Até ao final de 2020 todos os portugueses têm de mudar para o mercado livre. Se ainda não mudou é porque consome eletricidade em baixa tensão normal com uma potência contratada inferior a 10,35 kVA e, ou gás natural com um consumo anual inferior ou igual a 500 m³.

Tem até ao final do ano indicado para tomar a sua decisão e aderir ao mercado livre, pois tem tudo a ganhar em fazê-lo o mais rápido possível. Se não o fizer, passa automaticamente para o mercado livre. Por isso, aproveite as vantagens do mercado livre de gás e luz e compare as tarifas de energia que estão disponíveis por parte das comercializadoras.


Mudança para o mercado livre é obrigatória

Ao mudar para o mercado livre passa a ter um novo contrato de energia com diferentes empresas. No entanto, pode continuar a pertencer, por exemplo, ao grupo EDP. Simplesmente antes o serviço pertencia à EDP Serviço Universal e agora passa a ser a EDP Comercial. Quanto ao gás, se quiser manter-se na Galp, passa a pertencer à Galp On.

Conte connosco para saber qual é a melhor opção para si, pois existem numerosas empresas fornecedoras de gás e luz e que são detentoras de boas tarifas, mais económicas e com condições contratuais reguladas pela ERSE.

Pode escolher uma das seguintes comercializadoras de gás e luz (plano dual):

  1. Goldenergy
  2. Galp Energia
  3. EDP Comercial
  4. Endesa

Consulte todas as tarifas de luz e gás natural disponíveis no mercado livreAjudamos a encontrar a que melhor se adapte às suas necessidades. Contacte-nos!
Chamada Gratuita Leve-me ao comparador

Como aderir ao mercado livre de energia?

Apesar de poder manter-se com os operadores tradicionais, tem muitas opções por onde escolher quando mudar para o mercado livre. Todas as opções devem ser comparadas para poder tomar a melhor decisão. Não hesite em contactar-nos através do número de telefone gratuito, 210 009 971, para saber qual é a melhor tarifa de luz, gás ou dual para si. Segundo o caso em concreto e o tipo de utilização do fornecimento, aconselha-se uma determinada tarifa.

Controlo dos preços no mercado livre

Os preços praticados pelas empresas no mercado livre variam de acordo com o que custa produzir energia, ou seja, conforme o preço da matéria-prima. No entanto, apesar de haver esta liberdade para os preços e de estes serem diferentes de operador para operador, continuam a existir limites máximos para proteção dos consumidores. A regulação da ERSE determina uma tarifa recomendada para as empresas e pode multar os operadores em caso de abuso.

Quando contratar gás e luz?

A mudança é gratuita, ilimitada e demora no máximo 3 semanas.

Quando decidir o operador que prefere, pode fazer a mudança facilmente e conseguir contratar o gás e a luz. O que tem de fazer é ligar para a empresa que escolheu e eles tratam do processo todo por si, sem que nunca fique sem energia durante esse período. A mudança é gratuita, demora no máximo 3 semanas e pode mudar as vezes que quiser, dado que não existe qualquer fidelização contratual.

Se verificar no seu contrato que existe uma cláusula de fidelização, deve apontar que isso é ilegal e contactar as autoridades responsáveis

Não deve aceitar cláusulas de consumos mínimos, dado que estas são também ilegais.

Se tudo estiver correto o processo é validado pela ERSE e, depois disso acontecer, deverá receber uma carta com as condições do contrato e o dia em que este fica ativo. Verifique se está tudo como definiu e se não há sobreposição das datas nas faturas e o processo estará concluído.

Pode celebrar o novo contrato com qualquer uma das companhias que propõem tarifas de energia no mercado livre. Saiba quais são as tarifas de luz e de gás, pois pode conseguir uma grande poupança se contrata a tarifa dual.

Não tem que mudar de contador elétrico e de gás

Quer se mantenha no mesmo operador ou escolha uma nova oferta, o seu contador mantém-se o mesmo, bem como a potência de energia no contrato. Só será necessário mudar alguma coisa se alterar a potência elétrica e o seu operador considerar que é necessário instalar um novo contador ou fazer um reforço no ramal.

Beneficiários da Tarifa Social

o melhor mesmo é começar já a fazer as contas e escolher qual o melhor fornecedor de gás e luz para si.

Caso receba o benefício da tarifa social – um desconto de 33,8% para aqueles que se encontrem em situação economicamente vulnerável – também poderá fazer a transição para o mercado livre da eletricidade. O desconto incide sobre as tarifas de acesso à rede (um componente comum a todas as comercializadoras, estabelecido pela ERSE) e, desde Julho de 2016, é atribuido automaticamente a todas aquelas famílias que reúnam todas as condições necessárias para recebê-lo, independentemente, da companhia de eletricidade com que tenham um contrato.

Mais cedo ou mais tarde a verdade é que todos os portugueses terão de mudar para o mercado liberalizado, por isso o melhor mesmo é começar já a fazer as contas e escolher qual o melhor fornecedor de gás e luz para si.

Contratar uma tarifa de luz do mercado livre

O cliente pode comprovar que as tarifas do mercado livre têm descontos aplicados sobre os termos mais importantes para a faturação. Por isso, deve comparar os preços da luz e as condições contratuais.

Após esta comparação, o cliente deve contactar a companhia comercializadora que escolheu para o seu contrato, ou contactar-nos para saber qual a melhor opção para si, e apresentar os seguintes dados para celebrar o contrato:

  1. Nº contribuinte do titular - NIF (Cartão de Cidadão);
  2. Contrato de arrendamento ou escritura;
  3. Potência a contratar (alterável);
  4. Código CPE;
  5. Dados da morada da instalação;
  6. Dados de pagamento por débito direto ou pagamento por multibanco.
Partilhar no Facebook  Partilhar no Twitter  Partilhar no Google Plus